#TBT: Rafaela Maia, manda notícias sneakerhead da Irlanda (REVISTA SBR ED. 7)

Quinta-feira, dia de tbt!
Hoje nós resgatamos uma matéria da edição 7 da revista sbr – Rafaela Maia, manda notícias sneakerhead de Dublin.

Lembrando que essa matéria foi veiculada em dezembro de 2014, e as informações podem não estar atualizadas.

Brasileira em Dublin

Rafaela Maia é brasileira, jornalista e uma apaixonada por tênis que deixou o Rio de Janeiro rumo à gelada Irlanda. De lá, ela nos manda notícias sneakerhead.

Por Rafaela Maia
Fotos Giovanna CF

Garanto que não foi simples deixar a família e amigos no Brasil. Mas a vida no nosso país não anda nada fácil: estamos em eterna transição – mesmo agora, sabendo que todos os holofotes estão virados para nós, e que todas as grandes companhias nos dão atenção – temos que dar muito a cara à tapa, correr atrás, para fazer acontecer.

Sempre fui muito batalhadora e curiosa por natureza. Sempre quis descobrir outras possibilidades, abrir novas portas, e, como sempre tive confiança nos meus instintos, sabia que de uma iria aproveitar – ou pelo menos tentar – ao máximo esta oportunidade.

Estava vindo para uma cidade fora do eixo da moda, do streetwear, que só não foge muito da arte e literatura porque por daqui saíram alguns dos melhores escritores da história: Oscar Wilde, Bram Stocker, James Joyce… E é Europa! Existe mais acesso, informação, é maior a absorção de novas ideias.

Ainda não posso dizer que conheço a Irlanda. Tenho muito que explorar os castelos abandonados, os museus, as praias mais distantes – cheias de pedras, mas com um visual incrível – os bairros mais longes… Ainda tenho que acostumar com o frio! Para quem saiu do Rio de Janeiro, com o seu calor escaldante, vir pra Irlanda é o reverso completo.

Enfim…

Embora eu pudesse falar das deslumbrantes paisagens, da rica história ou da literatura, eu não vou.

Ao invés disso, vou falar sobre o meu olhar “para baixo”. Sobre o que anda nos pés dos irlandeses.

Dublin é uma cidade que respira cultura de diversos cantos do mundo, com forte influência inglesa, claro, mas onde também circula um certo ar americano. Cosmopolita e jovem, está em constante crescimento.

Os dubliners, ou dubs, como são chamados, são bombardeados por referências diversas: do hipster, com seu visual “armário velho”, ao punk- grunge, com muito jeans rasgado, couro e as famosas botas Dr. Martens, que fazem bastante sucesso por aqui. A influência do hip hop também existe e é percebida nos mais jovens, com seus jumpers e calças de moletom.

Nos pés de todos, os mais coloridos Air Maxes, Roshes, Huaraches, Blazers, ZX Flux…

As meninas irlandesas, no melhor estilo gueixa europeia, arrasam, com seus  coques gigantes e quimonos ultra estampados. Nos pés, um bom e classico par de Air Force 1, white/white, total black ou às vezes colorido. Sim, meninas, Air Force 1!

Por aqui, também se vê muito marcas como Diadora, Onitsuka Tiger, Puma, além de Nike e adidas, e não só de sapatos velhos, comprados nas milhares de vintage shops, caminha o povo irlandês. Em Dublin desfilam também os melhores pisantes.

Comprar por aqui e fácil.

Você pode pedir em um site e esperar chegar rapidinho. Ou pode aproveitar um vôo low-cost de quarenta e cinco minutos para Londres, ou para qualquer parte da Europa, e (correndo o risco de enfrentar fila) comprar nas melhores lojas aquela colab que acabou de sair do forno. Fácil.

Dublin dispõe de uma carta relativamente farta de lojas, como Foot Locker, Size?, JD Sports, Champions, que vendem do modelo mais básico aos lançados recentemente. A rede T.Kmax é uma que faz aquele apanhado e enche as suas  prateleiras sem a menor cerimônia, com preços atrativos. Além disso, voce pode também encontrar lojas próprias da adidas, Vans e Nike.

Nessas minhas andanças, conheci um cara que juntou paixão e negócio.

Quando criança, Darren, implorava à mãe por dinheiro para comprar mais um par. Hoje, já adulto, ele mantém uma coleção farta e juntou seu amor pelos tênis com trabalho.

Dois anos atrás, quando percebeu que havia um número significativos em casa, Darren montou uma loja temporária, a DCLO KICKS,  na parte de trás de um conhecido restaurante em Dublin, o Damson Diner.

A loja ficou aberta por três dias e o estoque esgotou rapidamente.

Agora, ele diz que sua prioridade é trabalhar com internet, mas continua montando pop-up stores pelo menos uma vez por mês – segundo ele, “para dar tempo de repor o estoque”.

A cena local está em constante crescimento e muitas coisa ainda deve acontecer por aqui. O público jovem, na faixa dos quinze anos, é o que mais procura os últimos lançamentos e modelos exclusivos.

Dublin pode até não ser a primeira opção, quando se pensa em “turismo sneakerhead”. Mas tenha a certeza de trazer uma mala vazia, se estiver planejando um visita.

INSTAGRAM: @dclo__kicks/
MOVEMBER: http://ie.movember.com/about
SIZE? : http://www.size.co.uk/home
FOOTLOCKER: http://www.footlocker.eu/en-gb/default.aspx
VANS: http://vans.ie/
ADIDAS: http://www.adidas.ie/
JD SPORTS: http://www.jdsports.ie/
CHAMPIONS: http://www.champion.ie/