#TBT: “Cofre Sneakerhead” Com Paula Narvaez (Revista SBR Ed. 07)

Hoje é quinta, dia de resgatar matérias da Revista SBR.
A matéria que trouxemos para o TBT desta semana veio da seção “Cofre Sneakerhead” com Paula Narvaez, da Revista SBR ed. 07. Esta edição foi veiculada em dezembro de 2014 e as informações podem estar desatualizadas.

Mãe, sneakerhead e corredora. Não necessariamente nessa ordem, mas essa bem poderia ser uma boa – e super simplificada – definição de Paula Narvaez, produtora e a primeira mulher a estrelar nossa seção ‘Cofre Sneakerhead’.

O amor pelos tênis começou com o irmão mais velho –  “referência do que era ser cool”, nas palavras da própria Paula – que mora em Londres e ainda hoje é um apaixonado pelos tênis.

“Quando mais nova eu ouvia as mesmas músicas que ele e tentava conseguir os tênis que ele usava – e deixava enfileirado pelo quarto, para desespero da minha mãe – mas era praticamente impossível encontrar algo legal no Brasil em tamanho feminino”, explica.

O tempo foi passando, ela começou a trabalhar em lojas de roupas, até que um emprego na Galeria do Rock – lendário reduto underground de São Paulo – lhe garantiu acesso a muitos dos tênis importados que tanto desejava: “no começo eu tinha um estilo mais “menina roqueira” e usava muito Vans. Tinha Slip-Ons de quase todas as cores! Até que consegui meu primeiro Nike – um Air Jordan, na verdade”, relembra.

Uma gravidez e uma filha depois, Paula descobriu a corrida, paixão que mudou sua vida, o seu guarda-roupas e o estilo dos tênis que se acumulam por todas as partes do seu quarto.

Hoje uma corredora de maratonas – e ultra-maratonas, Narvaez é também uma blogueira conhecida do mundo do running, o que lhe garante acesso a muitas das novidades disponíveis no mercado: “testo quase tudo, mas só falo do que quero e só elogio o que realmente gosto”, garante. Fã declarada do Lunarglide, da Nike, nossa sneakerhead confessa que na transição “menina roqueira” para “maratonista de saia” sentiu dificuldades em achar modelos e cores que lhe agradassem, “até que começaram a caprichar mais nos tênis para corrida”.

Diariamente, Paula pensa minuciosamente o look que vai usar no treino, combinando tênis (usado sempre sem meias), top e saia para correr, duas das outras coleções que mantém no armário.

Só vale informar que ela sai de casa antes das cinco da manhã para treinar. Haja pique, amor pela corrida e pelos tênis!

Os cinco modelos que melhor representam a coleção da Paula