Entrevistamos Helen Kirkum, Criadora Do Novo Tênis Da Melissa

A Melissa está completando 40 anos e, para celebrar esta data, a marca brasileira preparou uma série de colaborações. A última delas é com Helen Kirkum, designer de tênis lá de Londres, que juntou grandes ícones da Melissa para criar um modelo novo, em três colorways.

Helen contou um pouco do processo para criar os tênis, em uma entrevista exclusiva para o WSneakersBR.

WSBR: Você é uma especialista em tênis. Imaginamos que a Melissa seja um território completamente novo pra você. Mesmo com a marca completando 40 anos, e sendo bastante conhecida fora do Brasil, você conhecia a Melissa antes de colaborar com eles? Como você conheceu a marca?

Helen Kirkum: Sim, eu já conhecia! Meu orientador na Royal College of Art era apaixonado por Melissa e nós visitamos a Galeria Melissa na London Covet Garden em uma viagem uma vez. Fiquei muito interessada no jeito da marca de fazer sapatos, é tão diferente do jeito tradicional e fiquei muito animada!

W: Como foi trabalhar com um material tão diferente – o plástico da Melissa – e como seus processos de sempre funcionaram (ou não) no desenvolvimento desta coleção?

HK: Foi bem assustador começar porque eu não sabia como montar um protótipo usando estes materiais, eu não sabia nem se eu poderia colocar na minha máquina de costura sem quebrar! Quanto mais eu trabalhava com o material, eu descobria formas de construir amostras e pude aplicar minha técnica de sempre, cortando formas existentes e retrabalhando-as em um novo produto.

W: A colab tem uma lógica “Frankenstein”. Você junta os elementos de alguns modelos para criar algo novo. Desconstrução e reconstrução vêm sendo bastante exploradas pela indústria sneaker nas últimas estações. Nós sabemos que desta vez as referências vieram da própria Melissa, certo? Onde mais você busca inspiração para projetos como este, com este propósito?

HK: Sim, eu fui uma das primeiras pessoas a adotar este trabalho “Frankenstein” feito à mão, este movimento de “protótipo vestível” que está acontecendo bastante nos sneakers. Para mim a ideia é mostrar uma história ou memória em um produto, através de suas partes e da forma como é construído. Para a Melissa, a inspiração já era o 40º aniversário, então com as silhuetas que eles escolheram para representar seus 40 anos de história, eu mergulhei em cada um destes 5 produtos e no que eles significavam para a Melissa. A partir disso eu encontrei os elementos mais importantes e comecei a brincar com eles no processo de design. Eu realmente queria mostrar todos eles no meu produto híbrido, e também trabalhamos com cores que refletiriam a estética lúdica e a mistura dos produtos.

W: Esta colaboração é sobre passado e futuro. Conte um pouco mais sobre o que você espera das indústrias da moda e dos tênis para os próximos anos.

HK: Definitivamente, o que acho que é um ótimo resumo do meu trabalho, é celebrar a rica história do passado mas definindo uma nova maneira de ir em frente. Uma das coisas que mais gostei sobre trabalhar com a Melissa foi aprender sobre o processo deles, que tem muito pouco desperdício visto que reusam e reciclam o plástico, e que todos os produtos são veganos. Lá pra frente, eu espero que tanto as marcas de moda quanto as marcas de tênis vão insistir em seus princípios de sustentabilidade, produzindo mais e mais conscientemente, e os consumidores vão desafiar as marcas a fazê-lo, e vão continuar a escolher produtos que eles realmente acreditam e que adicionam valor às suas próprias identidades.

W: Para finalizar, uma última pergunta. Tem alguma outra marca brasileira com a qual você gostaria de colaborar em breve? Qual(is)?

HK: Essa colaboração foi meu primeiro gostinho do que é trabalhar com uma marca brasileira e eu definitivamente amei a experiência com a Melissa. Eu sei que há uma marca de tênis brasileira chamada Cariuma que está trabalhando com tênis eco friendly e eu estaria muito interessada em trabalhar com eles!

Os tênis desenvolvidos por Helen Kirkum já estão à venda na Melissa, por R$ 299,90!

Foto do destaque: Crafts Council